loading...

LUIZA

domingo, 25 de janeiro de 2015

Blitz da Settran apreende 25 veículos por documentação irregular


Fiscais de trânsito e de transportes apreenderam 25 veículos, sendo 19 motocicletas usadas no transporte clandestino, quatro por falta de documentação e um táxi, durante blitz realizada na manhã de hoje na Avenida Mário Padre, Góes Calmon. A fiscalização de rotina continuará sendo realizada no centro e bairros de Itabuna para tornar o trânsito mais seguro, retirar das ruas veículos com documentação irregular e os motociclistas que insistirem no transporte irregular de passageiros e encomendas sem que tenham licença da Secretaria de Transportes e Trânsito – Settran.
Segundo o diretor de Transportes, Thomaz Fernandes Souza, as motos apreendidas foram levadas ao pátio de Settran de onde só poderão ser retiradas pelos proprietários depois de cumpridas as exigências da notificação, o que inclui documentação atualizada, recolhimento de impostos e pagamento de taxa do guincho. “Apesar das reiterados avisos de que a Settran vai coibir a ação de mototaxistas clandestinos, algumas pessoas tem insistido na prática. Estamos atentos e vamos fazer cumprir a legislação”, observou.
Desde o dia 8 de janeiro que a Secretaria de Transporte e Trânsito tem realizado blitzen para a orientação do trânsito e ordenamento da prestação do serviço de mototáxis em Itabuna em uma ação educativa sobre o limite de velocidade nas vias urbanas e sobre o funcionamento da fiscalização eletrônica por meio de radares instalados nas avenidas de maior fluxo da cidade, cuja velocidade permitida é de 50 km. A outra ação é de fiscalização do serviço de mototáxis para retirar das ruas motociclistas clandestinos.
O táxis apreendido na ação desta quarta-feira estava com licenciamento vencido desde 2012, não tendo passado por vistorias nos anos subsequentes. O veículo foi removido para o pátio e para ser retirado seu proprietário terá que pagar multa e atualizar o licenciamento. Na blitz atuaram 18 agentes de trânsito e de transporte, com o suporte da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário