loading...

LUIZA

quinta-feira, 19 de março de 2015

Câmara aprova o Dia Nacional do Perdão

Arquivo/Gabriela Korossy

Keiko Ota teve o filho assassinado na data proposta

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou há pouco o Projeto de Lei 6128/13, da deputada Keiko Ota (PSB-SP), que cria o Dia Nacional do Perdão, a ser comemorado anualmente em 30 de agosto. Nesse dia, a deputada perdeu seu filho, Ives Ota, que foi sequestrado e assassinado brutalmente aos oito anos."Eu e o meu marido, Masataka Ota, perdoamos aqueles que causaram esse mal à minha família", disse ela. Para a deputada, o perdão proporciona uma sensação de paz a quem foi prejudicado.
A data não será transformada em feriado nacional por conta da nova denominação.
Relator na CCJ, o depuado Antonio Bulhões (PRB-SP) apresentou parecer pela constitucionalidade, juridicidade e boa técnica, ressaltando que a fixação de datas comemorativas é competência de lei federal.
Como a comissão analisava a proposta em caráter conclusivo, ela seguirá agora para a análise do Senado Federal.
'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário