loading...

LUIZA

segunda-feira, 20 de abril de 2015

CPI mira 126 correntistas do HSBC

Para realizar uma investigação com sucesso, é preciso apurar as informações antes de coletar depoimentos. Por isso, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), que apura o escândalo de sonegação fiscal de mais de 8 mil contas secretas de brasileiros no HSBC da Suíça, aprovou 13 requerimentos que pedem acesso a informação de 126 correntistas envolvidos no esquema.
A intenção é analisar dados de pessoas listadas pelo Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras) e de 50 RIFs (Relatório de Inteligência Fiscal) sob a responsabilidade do mesmo Conselho. Entre os nomes, empresários como Roberto Medina e o doleiro Henry Hoyer.
O senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP) afirma ainda que haverá reunião de portas fechadas com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para coleta de informações. Também está agendada, para quarta-feira (22/04), conversa no Senado com o presidente do HSBC Brasil, André Guilherme Brandão.
(O Bancário)

Nenhum comentário:

Postar um comentário