loading...

LUIZA

sexta-feira, 17 de abril de 2015

DEPUTADO REÚNE COM MINISTROS E SOLICITA RETOMADA DE OBRAS DA FIOL E CONCURSO DA CEPLAC

O deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-Ba) teve um dia intenso de trabalho pois reuniu-se ontem (15/04) com três ministros em Brasília, para tratar de assuntos da maior importância para a economia e o desenvolvimento da região sul da Bahia: o cacau, a construção do Porto Sul e a FIOL- Ferrovia de Integração Oeste Leste.
O cacau e a Ceplac-Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira predominaram na audiência com a ministra Katia Abreu, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O deputado defendeu a realização de concurso público para a Ceplac suprir vagas existentes. E reafirmou o que havia dito no plenário da Câmara dos Deputados, alertando para o fato de que há 24 anos não há concurso e a situação tende a se agravar, pois, em 2016, segundo Magalhães, mais de 60% dos atuais servidores da Ceplac estarão sob aposentadoria compulsória.Davidson Magalhães também debateu com o ministro a importância da retomada da construção da Fiol- Ferrovia Oeste Leste, que interligará o Porto em Ilhéus e as cidades baianas de Caetité e Barreiras até Figueirópolis, no Tocantins. O ministro afirmou que as obras serão retomadas nos próximos meses. Ele explicou que o Lote 1 que vai de Ilhéus até Ipiau , cuja executora é a empresa Pavotec, havia reduzido o ritmo de produção mas que já está sendo retomado. O Lote 2, que sai de Ipiau, com 11 km de extensão, cuja paralisação deveu-se à Operação Lava jato, com o envolvimento da empresa Galvão Engenharia, o ministério fará nova contratação para o prosseguimento das obras.
Com o Ministro-chefe da Secretaria de Portos, Edinho Araújo, pleiteou e destacou a relevância da continuidade das obras e a conclusão da construção do Porto Sul, que vai gerar mais emprego e renda para trabalhadores da região . O ministro disse que isto será feito pois “ o Porto Sul é uma prioridade do governo federal” e garantiu que todos os financiamentos para sua conclusão já estão assegurados. O ministro-chefe disse ainda que nos próximos 2 meses será retomada a construção do Porto Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário