loading...

LUIZA

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Área federal terá 1.222 vagas em três concursos ambientais - Salários chegam a R$7.675,45

Fonte: Folha Dirigida
do mestredosconcursos.com.br
Quem sonha em trabalhar com ações ambientais poderá encontrar três ótimas oportunidades de emprego na esfera federal muito em breve. Isso porque o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) encaminharam pedidos de concursos ao Ministério do Planejamento, totalizando 1.222 vagas em cargos dos níveis médio e superior. As remunerações chegam a R$7.675,45.
Só o Ibama solicitou 680 vagas, sendo 500 para analista ambiental e 180 para analista administrativo, funções que exigem nível superior. Já o ICMBio pediu 422 vagas, sendo 312 para a primeira função, 40 para a segunda, além de outras 90 para técnico administrativo, que requer o nível médio. Por fim, o MMA também quer abrir 100 vagas na função que exige o antigo 2º grau. Além da garantia da estabilidade no emprego, conferida pela contratação do regime estatutário, quem conqusitar uma vaga de técnico terá direito a vencimento inicial R$3.627,72. Já para os analistas, os rendimentos iniciais são de R$7.675,45. Ambos somados o auxílio-alimentação de R$373.
O pedido do MMA é do ano passado, já as solicitações do Ibama e ICMBio deram entrada no Ministério do Planejamento no dia 25 de maio, para que sejam analisados pelos setores técnicos da pasta, possivelmente para entrarem no Orçamento da União visando prover os cargos em 2016. Isso, não impede que as seleções sejam autorizadas ainda este ano, porém a posse dos aprovados só poderá acontecer no ano que vem. Os últimos concursos para as três instituições foram organizadas pelo Cespe/UnB. Para o MMA, a seleção anterior foi em 2009 e as 200 vagas oferecidas ficaram na sede, em Brasília. O certame teve seu prazo de validade encerrado no ano passado.
O último concurso do ICMBio foi em 2014, atraindo 54.172 candidatos aos cargos de analista e técnico. Das 271 vagas, 20 foram para analista administrativo (todas lotadas em Brasília) e 30 para analista ambiental (em Mato Grosso e Pará). No nível médio foram oferecidas 168 vagas de técnico administrativo e 53 de técnico ambiental, abrangendo diversos estados, tais como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Paraná, Pernambuco Mato Grosso, entre outros.
A seleção anterior do Ibama foi em 2012, e teve 300 vagas para técnico administrativo, 108 para analista ambiental e 61 para analista administrativo. Para analista ambiental foram contempladas as áreas de licenciamento ambiental, monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental; e gestão, proteção e controle da qualidade ambiental. As vagas foram para o Rio de Janeiro e Brasília. Já para os cargos da área administrativa, as oportunidades foram distribuídas por 18 estados, além da capital federalalidade encerrado no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário