loading...

LUIZA

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Discussão do Orçamento Participativo chega ao distrito de Mutuns

 Depois de já ter envolvido moradores de Itamaracá na semana passada, as discussões do Programa Orçamento Participativo que está sendo executado pela Prefeitura de Itabuna chega à comunidade de Mutuns. Na próxima terça-feira, dia 30, a partir das 9 horas da manhã, na Escola Zacarias Dantas, as prioridades para investimentos nas áreas de saúde, educação, saneamento básico, mobilidade urbana, desenvolvimento econômico e social esporte e lazer serão debatidas.
Os debates sobre a proposta orçamentária para 2016 evolvem moradores de todas as regiões do município, através de plenárias setoriais do Programa Orçamento Participativo. Até o dia 9 de julho, as reuniões com a comunidade serão realizadas pela Prefeitura. O diretor de Planejamento Econômico da Secretaria de Planejamento e Tecnologia (Seplantec), Rosivaldo Pinheiro, destaca que estes encontros são a oportunidade de a comunidade apontar as suas dificuldades e contribuir com propostas e indicações para a construção do Orçamento de Itabuna para o exercício fiscal de 2016.
Rosivaldo Pinheiro observa que são os moradores que sabem melhor quais são as suas necessidades, principalmente nas áreas de infraestrutura, educação e saúde. “Mutuns será a 8ª plenária que vamos realizar neste ano. Em cada reunião, os moradores apresentam oito propostas. A mais votada é selecionada para a plenária final que vai reunir representantes e delegados de toda a cidade”, diz Pinheiro.

As propostas mais votadas pelos delegados – eleitos em cada plenária –

serão incluídas na pautas de discussão final do Orçamento Participativo em seminário que será realizado no próximo dia 18, no auditório da FTC, no centro de Itabuna. Entre as propostas qualificadas para votação na grande plenária estão a construção de um centro de convivência e lazer, escolas de ensino médio, módulos comunitários para Polícia Militar, creches e Unidade de Pronto tendimento (UPA).
As demandas que não dependem de investimentos do município serão transformados em projetos e encaminhados para os governos estadual e federal. Estes são casos da construção de uma escola de ensino médio na região de Ferradas e dos pedidos de módulos policiais nos bairros Urbis IV, Nova Ferradas e Roça do Povo. Outras demandas como implantação de novas linhas de ônibus, construção de abrigos e melhoria na rede básica de saúde serão resolvidas pela Prefeitura.
No dia 1º, a plenária que será realizada no Tarik Inn Hotel, às 14 horas, no Vila Zara, reunira moradores do Conceição, Vila Zara, São Judas, Góes Calmon, São Pedro, Zizo e Jardim Vitória; No dia 7, ás 14 horas, no Sítio da Fundação Marimbeta, no Fonseca, reúne moradores do bairro e do Pedro Jerônimo, Daniel Gomes, Maria Pinheiro, Vale do Sol, Novo Fonseca, Carlos Silva Gegéu Rocha; No dia 8, no Centro Social Urbano Elzo Pinho de Magalhães, às 14 horas, a plenária reúne moradores do São Caetano, Novo São Caetano, Sarinha, Banco Raso, Vila Anália, Loteamento Guedes Pinho; e no dia 9, no CAIC, às 14 horas, reunirá moradores do Jardim Primavera, Jaçanã, Santa Clara, Novo Jaçanã, Núcleo Habitacional da Ceplac e Gogó da Ema.
No próximo dia 13 de julho, às 14 horas, no CISO, acontecerá a plenária que seria realizado no dia 18 de junho, que foi remarcada e reunirá moradores dos bairros de Fátima, Califórnia, Santa Inês, Monte Cristo, Nova Califórnia, Parque Boa Vista, Parque Verde, João Soares, São Roque, Anrique, Vila das Dores, Conjunto Vitória Loup Soares, Paraíso e Taveirolândia. Toda a programação está publicada no site da Prefeitura (www.prefeituradeitabuna.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário