loading...

LUIZA

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Economista desconstrói argumento sedutor da terceirização

"O Brasil não vai voltar a crescer porque reduziu custo na produção", explicou Elias Jabbour, professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e membro do Comitê Central do PCdoB, ao desconstruir argumentos utilizados pelos que defendem a terceirização em todos os setores no mundo do trabalho.
Joanne Mota
  
A declaração do pesquisador, que também é membro do Conselho Editorial daRevista Princípios, foi realizada durante participação no programa Firme no Blindão, transmitido pela Pós TV, nesta quarta-feira (10).

Para Elias "um projeto nacional de desenvolvimento não combina com perda de direitos dos trabalhadores, não combina com terceirização da produção. Ou seja, que fique claro, não é porque vai reduzir direitos que há a garantia de emprego". E completou: "Hoje, o grande empresário tem um pé na produção de mercadorias e o outro no sistema financeiro".

O economista afirma que crescimento não será retomado com alta na taxa de juros. Pelo contrário, Elias Jabbour indica que "é preciso implementar uma política mais racional de combate a inflação, alavancar o investimento público e privado na produção, por exemplo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário