loading...

LUIZA

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Itabuna passa a integrar o Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia


Itabuna ingressou nesta quinta-feira, 11, no seleto grupo de municípios brasileiros que integram o Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia e deu o primeiro passo para a implantação da Empresa Municipal de Tecnologia. A adesão do município sul-baiano foi anunciada pelo secretário de Planejamento e Tecnologia, Wenceslau Junior, durante seminário realizado hoje, no auditório da FTC, que reuniu autoridades, especialistas, professores, estudantes e convidados.


Durante o seminário também foram debatidas políticas públicas para atrair novos investimentos na área de tecnologia, parcerias e projetos de referência mundial na inclusão digital. Na abertura do evento, Wenceslau Júnior apresentou um resumo dos projetos que já são executados pelo município. Além disso, falou sobre o papel da Empresa Municipal de Tecnologia, que será criada ainda no segundo semestre deste ano.
O secretário de Planejamento destacou que o governo municipal está trabalhando para viabilizar projetos na área de tecnologia visando à atração de empresas para assegurar mais desenvolvimento social e econômico de Itabuna no segmento da ciência, tecnologia e inovação. “Com investimentos nessas áreas, vamos garantir a qualificação de mão-de-obra, melhores postos de trabalho e salários mais elevados para o trabalhador do nosso município”, afirmou.

O vice-presidente do Fórum Nacional de Ciência e Tecnologia, José Cláudio do Nascimento, trouxe como exemplo de ação que pode ajudar a mudar a realidade nos municípios brasileiros o Projeto Cidades Inteligentes e Humanas, que será executado pelos ministérios da Ciência e Tecnologia, Comunicações, Fazenda e Cidades. O projeto está sendo viabilizado em parceria com a União Europeia e Banco Mundial.
De acordo com o projeto, os municípios participantes serão contemplados com aporte financeiro para o desenvolvimento de projetos-pilotos a partir de 2016. Nessa etapa, foram selecionados 30 projetos no mundo, dos quais 10 estão no Brasil. Entre as cidades contempladas estão Recife, Olinda, Paulista, Vitória, Belém, Porto Alegre e Rio das Ostras.

Já o ex-secretário de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, José Antônio Bertotti, falou sobre o Portal Digital, que é umas das referências brasileiras. O projeto foi implantado no Recife, em 2000, atualmente reúne 250 empresas e ano passado foi beneficiado com a captação de R$ 70 milhões. “Gera 7,5 mil empregos, com salários acima da média no Estado de Pernambuco. Atualmente, a nossa maior dificuldade é encontrar uma área para a instalação de novos empreendimentos”, destacou.
José Cláudio e Antônio Bertotti elogiaram a decisão do município de Itabuna em participar dos debates nacionais sobre inovações tecnológicas. O evento promovido pela Prefeitura de Itabuna teve ainda a palestra do professor Rogério Quintela, da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que discorreu sobre a implantação do Polo Tecnológico de Itabuna, cujos estudos estão em andamento reunindo instituições federais de ensino superior, Ceplac, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e as prefeituras de Itabuna e Ilhéus.

Além de professores, estudantes e convidados também prestigiaram o seminário os secretários municipais da Educação, Dinalva Melo do Nascimento; da Indústria, Comércio e Turismo, José Humberto Martins; da Saúde, Eric Ettinger; da Assistência Social, José Carlos Trindade; e do Desenvolvimento Urbano, Marcos Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário