loading...

LUIZA

terça-feira, 7 de julho de 2015

INDUSTRIA DE AERONAVES UCRANIANA QUER INVESTIR 130 MILHÕES DE DÓLARES EM ILHÉUS

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, reuniu-se, na terça, 7 de julho, no Palácio Paranaguá, com o diretor-geral e o chefe do Departamento de Designer da indústria de aeronaves ucraniana Antonov, Vasil Belinskiy e Sergey Fedorov, que visitaram a cidade para uma visita de reconhecimento ao local onde planejam instalar uma unidade de produção e o centro de pesquisa da empresa.
O diretor-geral da Antonov, Vasil Belinsky, explicou que o projeto de instalação no Brasil não se trata de simples expansão de mercado, mas da transferência integral da montagem de aeronaves para Ilhéus. De acordo com Belinsky, deverá ser produzido, em solo brasileiro, o AN 38-100, um bimotor com capacidade para 27 passageiros, para o qual não há concorrentes nos mercados da América do Sul, Estados Unidos e África.
Produção – O chefe do departamento de designer da Antonov, Sergey Fedorov, estima que, para a transferência da tecnologia e equipamentos, instalação, adequação dos projetos, preparação de mão de obra e funcionamento da indústria, será necessário investimento de 130 milhões de dólares, para os quais já há investidores interessados. Em pleno funcionamento, a unidade de Ilhéus produzirá, no mínimo, 28 aeronaves por ano. Ele calcula que, após a superação dos trâmites burocráticos, a empresa possa concluir sua instalação em três anos e meio.
Em Brasília – Os empresários ucranianos, acompanhados do prefeito Jabes Ribeiro, serão recebidos, na próxima segunda-feira, 13, pelo Ministro da Defesa e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, um entusiasta da iniciativa de instalação da indústria em Ilhéus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário