loading...

LUIZA

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

BANIF - BANCO PORTUGUÊS TEM PREJUÍZO DE QUASE R$ 50 MILHÕES NO BRASIL EM SEIS MESES



Lisboa - O banco português Banif acumulou no primeiro semestre deste ano um prejuízo de R$ 49,3 milhões nas suas operações no mercado brasileiro, segundo o relatório e contas semestral do banco luso, publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). No mesmo período do ano passado o Banif Brasil tinha tido um lucro de R$ 5,2 milhões.
A deterioração do resultado aconteceu num contexto de emagrecimento da atividade do Banif no Brasil, cujo ativo recuou 11% no primeiro semestre, para R$ 1 bilhão, enquanto o crédito líquido baixou 14%, para R$ 302 milhões e os recursos de clientes desceram 3%, para R$ 690 milhões.
O produto bancário do Banif Brasil passou de um resultado positivo de R$ 31,6 milhões em junho de 2014 para um produto negativo de R$ 8,2 milhões em junho de 2015. Os capitais próprios do banco português no mercado brasileiro desceram 21%, para menos de R$ 162 milhões.
No contexto da sua reorganização, o Banif Brasil diminuiu o quadro de empregados de 127 para 95 funcionários no espaço de um ano, apesar de o número de pontos de venda ter permanecido o mesmo (cinco).
Iniciada em setembro de 2012, a reestruturação do Banif no Brasil previa a venda de algumas operações.
No seu relatório e contas do primeiro semestre o banco português explica que este processo incluiu no mês de julho uma operação que só terá impacto nas contas do segundo semestre e do final do ano 2015.
A operação assentou na venda de mais de 25 mil contratos de crédito, um negócio que permitiu ao Banif Brasil receber de imediato R$ 290 milhões. O banco realça que isso permite reforçar a sua liquidez, melhorar o equilíbrio entre ativos rentáveis e passivos onerosos e gerar relevantes resultados contabilísticos. Além disso, a operação irá reduzir as despesas do Banif com a gestão desses contratos.
Globalmente, o Banif teve de janeiro a junho um lucro de 16 milhões de euros, que compara com um prejuízo de quase 98 milhões de euros no mesmo período do ano passado.
Durante o primeiro semestre deste ano o Banif viu um dos seus executivos ser preso no Brasil. Allan Simões Toledo, que era diretor executivo da área comercial e de banca de investimento do Banif Investment Banking, em São Paulo, foi detido no início de junho no âmbito de uma investigação sobre uma organização criminosa especializada em evasão de divisas e lavagem de dinheiro.
Na ocasião o Banif não se pronunciou sobre essa detenção. Além de Toledo, mais 10 pessoas foram alvo de mandado de prisão, numa operação da Polícia Federal em que se estima que terá havido uma lavagem de R$ 3 bilhões ao longo de três anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário