loading...

LUIZA

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Itabuna - 81 Agricultores da Roça do Povo assinam contrato do PAA




Agricultores familiares da Roça do Povo, cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, coordenado pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima) começaram a assinar hoje o Termo de Compromisso que permite o acesso ao Cartão do PAA. O técnico agrícola da Prefeitura de Itabuna Marciel Santana explicou a assinatura do documento pelos produtores rurais garante ao município o recebimento da produção dos alimentos de cada um dos lotes cedidos às famílias no projeto agrícola.
Marciel ainda disse que compete ao município a emissão da nota fiscal com valor, discriminação e quantidade de produtos recebidos de cada produtor pelo PAA, um programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Caso o produtor não cumpra o compromisso da entrega da produção ficará suspenso por um período de três meses do PAA, conforme prevê as normas do MDS.
Ao todo, 81 produtores da agricultura familiar, cadastrados na Roça do Povo, participaram do encontro na manhã desta terça-feira na sede da Associação dos Produtores da Roça do Povo (Apropovo). Segundo a presidente Maria das Neves Lima, o PAA beneficia todos os produtores, já que aumenta o a produção, garante o escoamento dos produtos e ainda gera receita para cada uma das famílias.
“Além de repassar 80% dos produtos, gratuitamente, às instituições assistenciais e filantrópicas cadastradas no Conselho Municipal da Assistência Social (CMAS), a outra parte da produção é comercializada pelos próprios agricultores na Feira do Produtor, todas as sextas-feiras ao lado da FTC, no centro da cidade. Assim, temos um retorno significativo todo o ano com a produção”, desatou Maria das Neves Lima.
Para o agricultor Manoel Silva dos Santos, a ação coordenada pela Prefeitura de Itabuna fortalece a produção e incentiva o trabalho realizado na zona rural. “Tem época que não conseguíamos comercializar tantos produtos somente na feira livre. Agora, o ano todo temos uma rendinha certa para investir na produção”, disse o produtor que há mais de 20 anos atua na Roça do Povo.
Já a agricultora Joana Ferreira expressou que toda a comunidade da Roça do Povo estava ansiosa para o PAA fosse iniciado. “Estamos realizando o primeiro passo. E isso já dá uma alegria imensa por garantir que a comercialização da nossa produção na roça. Não vejo a hora de colocar a mão na terra para produzir mais”, falou.
Além da Roça do Povo, também já assinaram contratos agricultores familiares do Serrado, Ribeirão Seco, Mutuns e Morumbi e ainda restam outras oito associações que totalizam 296 contratos no município. O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, tem se constituído numa importante ação social, principalmente para as famílias que vivem no campo. Além disso, contribui para o fortalecimento da agricultura familiar, geração de emprego e renda e ainda a promoção do desenvolvimento local por meio do escoamento da produção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário