loading...

LUIZA

domingo, 4 de outubro de 2015

Desabrigados de Itabuna ganham mais tempo para o Minha Casa, Minha Vida

As 325 pessoas moradoras de áreas de risco, que terão prioridade para receber imóveis construídos nos bairros São Roque e Ferradas, com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, ganharam mais tempo para apresentar a documentação exigida pela Prefeitura de Itabuna, através Secretaria da Assistência Social (SAS). O prazo foi prorrogado de hoje para a próxima quarta-feira, dia 7.

As famílias foram pré-selecionadas depois de levantamento nas áreas de afetadas por enchentes e desabamentos de terra da Coordenadoria Municipal da Defesa Civil e Secretaria de Assistência Social (SAS). A lista foi divulgada na terça-feira passada, dia 29, no site da Prefeitura e na portaria do Centro Administrativo Firmino Alves e na SAS.

Os pré-selecionados têm de apresentar originais e fotocópias de documentos pessoais na Secretaria da Assistência Social, na Avenida Inácio Tosta Filho, das 8 às 14 horas. O candidato precisa ter CPF, RG, título de eleitor, comprovante de residência, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e cartão de cadastro único (CadÚnico). Quem não possui o CadÚnico também deve comparecer para esta etapa do cadastro.

Os pré-selecionados devem ainda apresentar originais e fotocópias de Certidão de Nascimento (se solteiros), certidão de casamento, divórcio ou atestado de óbito, no caso de viúvo. No caso de pessoas com deficiência deve ser apresentado ainda laudo médico com CID original.

Segundo a Defesa Civil por tratar-se de situações especiais, o comprovante de renda não será prioridade para a aprovação do cadastro pela Caixa Econômica Federal para onde a listagem será encaminhada pela Prefeitura. “São famílias que sofrem as consequências das enchentes ou deslizamento de terra em área de morro nos últimos anos, inclusive com a perda parcial ou total de seus imóveis”, reafirma Roberto Avelino.



BENEFICIADOS



Entre os pré-selecionados estão famílias que ficaram desabrigadas pelas enchentes do Rio Cachoeira, no Maria Matos (Rua de Palha); e Riacho Água Branca, nos bairros Antique, São Roque, Santa Inês e Caixa d’ Água. Na relação também estão moradores de áreas de riscos dos bairros Parque Boa Vista, Nova Califórnia, Santa Inês, além da comunidade do Gogó da Ema nas imediações do Sarinha Alcântara.

Durante levantamentos realizados pela Coordenadoria Municipal da Defesa Civil, a maioria das famílias escolheu os imóveis no Jubiabá e Gabriela, na região de Ferradas, e Itabuna Parque, no bairro São Roque, depois de informados da localização dos conjuntos habitacionais em construção próximos aos locais onde moravam. A previsão é que os três conjuntos habitacionais sejam entregues pela prefeitura no primeiro semestre do próximo ano. A relação com os nomes dos beneficiários será publicada

Nenhum comentário:

Postar um comentário