loading...

LUIZA

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Prefeito de Itabuna destaca avanços da agricultura familiar



Ao participar da solenidade de inauguração do Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (SETAF), cuja sede regional passa a funcionar em Itabuna, o prefeito Claudevane Leite destacou as iniciativas do governo municipal em promover o desenvolvimento econômico no campo. Como exemplo, citou o Projeto “Agricultura em Ação”, que já beneficiou 315 famílias de agricultores locais com assistência técnica e orientação de agrônomos e veterinários da Prefeitura.
“Além disso, embora pequena, a zona rural de Itabuna abriga um contingente de 296 agricultores familiares beneficiados pelo Programa de Aquisição de Alimentos”, afirmou Vane. O prefeito acompanhou o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jeronimo Rodrigues, no ato inaugural do SETAF, na manhã de hoje, nas dependências da extinta residência do DERBA, na Avenida José Soares Pinheiro.
Com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), executado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) a Prefeitura adquire produtos dos pequenos agricultores, abastece 43 entidades sócio assistenciais e os dois Restaurantes Populares instalados no município que, juntos, fornecem, diariamente, 1.600 refeições ao preço subsidiado de 2 reais. “De fato temos um programa eficiente. E em breve vamos fechar o ciclo de proteção alimentar com a inauguração do Banco de Alimentos”, afirmou o prefeito de Itabuna.Vane refere-se a um ponto de recepção, triagem e processamento de alimentos que, em breve, será inaugurado em Itabuna. No Banco de Alimentos produtos considerado inadequado para a comercialização, mas ainda próprios para o consumo humano serão selecionados, embalados e distribuídos gratuitamente às entidades e programas sociais mantidos pela Prefeitura ou executados em parceria com o Governo Federal. Empresários rurais e agricultores familiares que doarem alimentos à unidade poderão ganhar como benefícios como isenção fiscal.
PARCERIA
O prefeito Claudevane Leite participou da inauguração do 17º SETAF. A unidade em Itabuna vai atender mais de 14 mil famílias de agricultores do Território de Identidade Litoral Sul. A finalidade do serviço é articular políticas públicas e promover a inclusão produtiva dos agricultores familiares baianos. Também prestigiaram o ato inaugural a deputada estadual Ângela Sousa; e os prefeitos Antônio Guilherme dos Santos, de Santa Luzia; Arildo Evangelista, de Camacan; Sandra Cardoso, de Floresta Azul; Valinho Muniz, de Jussara; Maria das Graças, de Marau; e Diane Brito Rusciolelli, de Una, além de representantes de movimentos sociais e de agricultores familiares.
SAIR DA PAUTA DE IMPORTAÇÃO
De acordo com o secretário Jerônimo Rodrigues, a Bahia é o estado brasileiro com maior população residente na área rural. “São 4 milhões de pessoas vivendo em 700 mil propriedades”, informa. No entanto, o estado segue adquirindo produtos agrícolas em larga escala de outros estados. “É preciso sair desta pauta de importação e apresentar resultados positivos”, completou.
“Com mais este leque de serviços à disposição dos agricultores e das prefeituras estaremos qualificando as nossas políticas públicas e melhorando a assistência técnica prestada ao campo”, elogia o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna, Lanns Almeida Filho. Segundo ele, a cidade já colhe resultados positivos na parceria que fez com os pequenos agricultores, a exemplo de Maria dos Prazer dos Santos, 70 anos, e o marido Almerindo, 90.
O casal cuida de um pedaço de terra na Roça do Povo, em Itabuna, onde produz laranja, limão, coco, manga e jenipapo. Apoiados e incentivados pela Prefeitura, marido e mulher estão inseridos no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “A Prefeitura tem sido uma grande parceira”, assegura a agricultora Maria dos Prazer. “Novos tempos de fartura” reafirma o marido. Além de atender o PAA nos últimos anos, nos finais de semana uma parte da produção do casal é vendida nas feiras livres da cidade. “Aos pouquinhos, as cordas começam a ficar mais difíceis de quebrar”, assegura a agricultora.
EQUIPE TÉCNICA
Os SETAFs são compostos por equipes técnicas da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), da Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e demais órgãos que integram a SDR. A expectativa é que outros órgãos de governo também integrem o programa para atuar de forma articulada com o Serviço Municipal de Apoio a Agricultura Familiar (SEMAF), que será implantado pelas prefeituras que tiverem interesse na iniciativa. Em Itabuna, onde o serviço já atua, houve a assinatura do termo de adesão.
“Estamos promovendo o diálogo mais próximo com todos que queiram contribuir para o desenvolvimento da agricultura familiar. Estamos compartilhando responsabilidades. Vamos dialogar com as prefeituras, movimentos sociais do campo, consórcios e colegiados, para dar celeridade à execução dos projetos e políticas públicas para agricultura familiar de acordo com as necessidades regionais”, explicou o secretário Jerônimo Rodrigues. “Uma medida extremamente importante porque valoriza quem faz o Brasil crescer”, finaliza o prefeito Claudevane Leite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário