loading...

LUIZA

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

ITABUNA - Representantes de bairros conhecem Plano Municipal de Saneamento

Presidentes e vices- presidentes de associações de moradores de bairros de Itabuna conheceram, na tarde de quarta-feira, o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) num encontro coordenado pela Secretaria de Planejamento e Tecnologia (Seplantec) no Gabinete do Prefeito no Centro Administrativo Firmino Alves. Na oportunidade o secretário Wenceslau Júnior e técnicos da RK Engenharia, consultoria responsável pela elaboração do plano, apresentaram as etapas e as diretrizes.
O engenheiro civil da RK Engenharia Cláudio Fontes detalhou as etapas de mobilização social, diagnóstico, prognóstico, concepção de programas e projetos, bem como definição de mecanismos e procedimentos de controle social que antecederam o relatório final. O PMSB atende a uma exigência da Lei Federal n°11.445/07, que dispõe as diretrizes nacionais para o saneamento básico e garantirá aos municípios investimentos de curto, médio e longo prazo.No parecer sobre a distribuição de água, por exemplo, a equipe de consultores comprovou a necessidade de o município fazer investimentos em médio prazo para a setorização efetiva, hidrometração e combate ao desperdício. “Itabuna possui uma macro setorização de distribuição. Para melhorá-la é preciso micro setorizar. A distribuição deverá ocorrer igualmente nas partes altas e baixas da cidade. Além disso, hidrometrizando a totalidade das residências e estabelecimentos comerciais, vamos combater a perda de 52% d’água tratada”, afirmou o engenheiro.
De acordo com sua projeção os investimentos necessários seriam da ordem de R$ 59 milhões para ampliar a distribuição de água tratada para toda a cidade. “Na captação de água bruta nesta semana tivemos avanços com a assinatura da ordem de serviço pelo governador Rui Costa e o prefeito Claudevane Leite para a retomada das obras da barragem do Rio Colônia, em Itapé, que vai sanar os problemas de captação de água, principalmente nos períodos em meio a baixos índices de precipitação e a estiagem prolongada”, acrescentou Cláudio Fontes.
O secretário Wenceslau Junior disse que os documentos da quarta etapa PMSB já foram entregues à Emasa e à Câmara Municipal de Vereadores. Segundo o secretário de Planejamento e Tecnologia, o Plano Municipal de Saneamento Básico passará pela avaliação da população em audiência pública prevista para o dia 27 de novembro, a partir das 8 horas, no auditório da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário