loading...

LUIZA

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Prefeitura vai aplicar recursos de leilão na reestruturação de oficina

A Prefeitura de Itabuna vai utilizar os recursos arrecadados com o leilão de carros, máquinas, motos, sucatas ferrosas, peças, móveis, utensílios domésticos, equipamentos e cozinha industrial para melhoria das condições de funcionamento da oficina, que atende à frota municipal na Administração dos Estádios de Itabuna (ADEI), no São Caetano. O certame para descarte de materiais inservíveis ao município foi realizado na manhã de hoje no auditório do Sest/Senat.
De acordo com o secretário municipal de Administração, Wellington Rodrigues, Leleu, por determinação do prefeito Claudevane Leite, o valor arrecadado será utilizado integralmente para reformar, pela primeira vez desde que foi implantada, a oficina mecânica do município, além da aquisição de equipamentos e uniformes para funcionários lotados no setor. Também está prevista a implantação de portão eletrônico na entrada e saída e pavimentação da área da antiga sede da ADEI.
O secretário explica que a restruturação da oficina do município é uma antiga reivindicação dos funcionários e que o investimento vai garantir maior proteção ao patrimônio público. “A partir da requalificação do espaço, teremos maior controle de quem entra e sai na oficina onde ficam estacionados veículos da frota municipal e peças. Vamos fazer investimentos também na compra de ferramentas e equipamentos de segurança, melhorando as condições de trabalho dos funcionários”, acrescentou.
ACIMA DA EXPECTATIVA
Leleu afirma que o leilão superou todas as expectativas, já que todos os 34 lotes foram arrematados. A maioria dos bens foi adquirida principalmente por donos de oficinas e ferros velhos. O leilão foi promovido porque a maioria dos veículos sucateados, adquiridos nas gestões anteriores, perdeu sua funcionalidade e geraria custos adicionais na sua manutenção pela Prefeitura.
O presidente da Comissão Especial do Leilão da Prefeitura de Itabuna, Mark Wilson Teixeirinha, explica que o certame dos bens inservíveis também teve como objetivo desocupar espaços como salas de aula e de unidades básicas de saúde onde grande parte do material leiloado permaneceu por longo período. “Com isso, os prédios públicos serão melhores aproveitados como bibliotecas, áreas de recreação, salas de atendimento a crianças especiais e salas de apoio administrativo”, diz.
Dentre os bens leiloados pela Prefeitura estavam veículos modelos Celta, Gol, Corolla, Saveiro, Strada Uno Mille, caminhões basculante e tanque, Kombi, oito motos Shineray/XY-150 e Honda Bros, Pá Carregadeira, rolo compressor, escavadeira, móveis para escritório e restaurante, além de sucatas ferrosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário