loading...

LUIZA

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Greve termina, mas passageiros enfrentam atrasos e cancelamentos nos principais aeroportos do País

Do R7

  Quem precisou viajar de avião na manhã desta quarta-feira (3) teve que ter paciência. Uma greve de funcionários do setor aéreo interrompeu os voos em 12 importantes aeroportos do País — Congonhas e Guarulhos (São Paulo), Campinas, Santos Dumont e Galeão (Rio de Janeiro), Brasília, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Salvador, Recife e Fortaleza — entre 6h e 8h. Passadas mais de três horas após o fim da paralisação, diversos terminais ainda registravam alto índice de atrasos.
  A Infraero contabilizava, entre 0h e 11h, 38,3% dos voos domésticos (306) atrasados e 17,3% cancelados. Esse dado, porém, não reflete a realidade de todo o País, pois não considera aeroportos concedidos à iniciativa privada, como Guarulhos, Galeão, Brasília e Viracopos.
  O aeroporto mais movimentado do Brasil, o de Guarulhos, registrava 20,8% das partidas atrasadas entre 0h e 11h, segundo a concessionária que administra o terminal. Também em São Paulo, o aeroporto de Congonhas tinha 37,1% das decolagens (33 voos) atrasadas nesse horário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário