loading...

LUIZA

segunda-feira, 28 de março de 2016

Câmara de Itabuna solicita à Emasa esclarecimentos sobre a qualidade da água

O Poder Legislativo de Itabuna, cumprindo o papel de fiscalizador e atento às questões referentes à crise hídrica e à saúde pública, solicitou da Empresa Municipal de Águas e Saneamentos (Emasa) esclarecimentos sobre a qualidade da água distribuída na cidade. As explicações foram concedidas, na tarde desta segunda-feira, 28, pelo analista de Qualidade da Água da Emasa, João Batista Bittencourt, em atendimento ao convite dos vereadores Ailson Sousa e Joilson Rosa.
Na ocasião, o representante da Emasa fez a leitura de um laudo emitido pelo Laboratório Central do Estado da Bahia (Lacen) que descarta a possibilidade de que água distribuída pela empresa apresente resíduos fecais, conforme foi veiculado na cidade por alguns meios de comunicação. Com relação aos índices de cloreto, a empresa reafirma que a água continua fora do padrão, com índices acima do limite máximo permitido, e, consequentemente, imprópria para o consumo humano. Assim, uma das medidas adotadas pela Emasa está sendo a captação em Ubaitaba e São José da Vitória, para o fornecimento de água potável e tratada em alguns pontos da cidade por meio de carros-pipa.
“Não estamos de braços cruzados. Estamos buscando alternativas e todas as possibilidades estão sendo exaustivamente discutidas”, disse João Batista sobre a atuação da empresa. Na oportunidade, ele também parabenizou a Câmara de Vereadores pela iniciativa de buscar maiores esclarecimentos referentes ao abastecimento de água nesse período de estiagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário