loading...

LUIZA

quinta-feira, 3 de março de 2016

Petrobras autoriza negociações para venda de fatia da empresa na Argentina

Em prosseguimento aos planos de desinvestimento da estatal, que serão intensificados ao longo deste ano, a diretoria executiva da Petrobras aprovou a condução de negociações com a empresa Pampa Argentina para a alienação de sua participação na Companhia Petrobras Argentina.

Em nota divulgada nesta quarta-feira (2) pela estatal brasileira, a Petrobras informou que as negociações se darão “em caráter de exclusividade, por 30 dias, podendo ser estendido por igual período”. A nota afirma, no entanto, que a transação “ainda está sujeita à aprovação de seus termos e condições finais pela Diretoria Executiva e pelo Conselho de Administração da Petrobras, bem como pelos órgãos reguladores competentes”.

O anúncio da intenção de venda da fatia da estatal na Argentina foi feita no início deste ano e está inserida nas iniciativas que a Petrobras vem tomando para desmobilizar ativos. O objetivo é reduzir seu endividamento e captar recursos para projetos prioritários, principalmente na área de exploração, notadamente no pré-sal da Bacia de Campos.

Uma das quatro maiores empresas produtoras de petróleo e gás natural daquele país, a Petrobras Argentina atua na área de distribuição de petróleo, produtos petroquímicos e também atua na área de geração de energia.

Em encontro com a Imprensa no final do ano passado, o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, já havia adiantado a intenção da estatal de intensificar, ao longo deste ano, o processo de desmobilização de alguns ativos da companhia.

Na ocasião, ele previu que o processo ocorreria de forma mais ágil e rápida em 2016. “Posso garantir que esse desinvestimento virá no próximo ano [2016] em uma velocidade muito maior do que se imagina. Não tenho dúvidas de que cumpriremos o valor planejado, porque as condições estão dadas, as negociações em andamento e as perspectivas são grandes”, disse.

A expectativa da Petrobras é de obter com o processo de desinvestimento recursos superiores a US$ 12 bilhões. O processo de desinvestimentos teve início, embora timidamente, no ano passado, quando a estatal vendeu parte de sua participação na Gaspetro para o capital privado.

Em outro comunicado, também divulgado hoje, a Petrobras informou ter dado início ao processo de venda de um conjunto de campos terrestres. A iniciativa, que também faz parte do Plano de Desinvestimento, “será feita através de processo competitivo”.

Na nota, a estatal informou que “o início da cessão dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural de um conjunto de campos terrestres, assim como a venda dos ativos relacionados a essas concessões”, já havia sido autorizado pela sua diretoria executiva.

C/ AGÊNCIA BRASIL

YR

Nenhum comentário:

Postar um comentário