loading...

LUIZA

sexta-feira, 8 de abril de 2016

FICC ITABUNA - CMPCI: VEM AÍ, O ESPAÇO MÁRIO GUSMÃO

Os membros do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Itabuna (CMPCI) participaram na noite desta quinta-feira (7), de uma reunião com a presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Nilmecy Gonçalves. A presidente esteve no encontro atendendo ao convite feito pelo presidente do CMPCI, Lula Dantas. A reunião foi realizada na sede da FICC.
Na oportunidade, o presidente do CMPCI apresentou algumas das principais demandas do conselho, algumas das quais já haviam sido delineadas com o antigo gestor, Roberto José, e que, agora, redefinem-se num alinhamento de ideias que se estabelece com a nova gestora da fundação.
Considerado muito proveitoso o encontro, Nilmecy Gonçalves disse que “o que está sendo proposto em termos de trabalho e de projetos para os próximos meses é algo relativamente simples, mas que funciona surpreendentemente bem, que é justamente a proposta da gestão colegiada, baseada no diálogo, na força de vontade e nas possibilidades a que se tem acesso”. Nilmecy explicou que o ano de 2016 é um ano atípico, por ser um ano eleitoral e por o Brasil estar ainda enfrentando uma crise política e econômica, indicando que o momento é de contenção de alguns gastos, mas que, pela amplitude dos projetos arrojados desenvolvidos pela fundação, pelos apoios e pelas parcerias, principalmente garantidas pelo prefeito Claudevane Leite, a FICC continuará investindo nos seus projetos na área de Cidadania e buscará uma dinâmica mais arrojada nos apoios culturais.
O presidente do CMPCI, Lula Dantas, deu as boas-vindas a nova presidente, indicando um natural entusiasmo do conselho e dos seus pares para uma gestão que, ele espera, seja mantida no mesmo patamar referendado pelo que a FICC vem realizando desde 2013. “Eu senti que a presidente tem um olhar aguçado para a Cultura, trazendo para o bojo da gestão administrativa, pública, uma experiência de trabalho feito não só com o coração, com a alma, mas com um olhar de quem busca um cuidado especial para com as pessoas, para com a proposta de uma transformação ainda maior e mais significativa”, disse Lula.
Uma das grandes novidades da reunião, é que os conselheiros do CMPCI sugeriram a presidente da FICC que o ambiente externo do espaço anexo da fundação (sede do CMPCI, onde antigamente funcionava um bar), seja denominado “Espaço Mário Gusmão”, numa justa homenagem a um dos maiores entusiastas da Cultura, senão o maior, em Itabuna e na região. A proposta foi prontamente acatada. Nos próximos dias, o espaço, que foi inaugurado pela FICC há algumas semanas, ganhará uma nova identidade visual e estará disponível como mais um ambiente de elevação da cultura grapiúna, para apresentações artísticas, musicais, teatrais, exposições, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário