loading...

LUIZA

segunda-feira, 11 de abril de 2016

MINHA CASA, MINHA VIDA III AUMENTA PERSPECTIVAS DE NEGÓCIOS NO INTERIOR DE SÃO PAULO


Ribeirão Preto - SP (DINO)
Com a alteração das regras temos a possibilidade de oferecer um maior leque de produtos dentro do programa, assim o cliente tem mais opções para escolher de acordo com seu interesse e orçamento, diz o diretor da Vitta Residencial, João Paulo Penteado
Apesar do cenário econômico apontar para os riscos da crise econômica, há empresas de diversos setores que afirmam: estão trabalhando na contramão do mercado. A percepção vem de executivos que sinalizam boas expectativas de negócios para 2016. Em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a Vitta Residencial Construtora e Incorporadora é um exemplo desta postura. Um dos principais motivos para a empresa vislumbrar o cenário com bons olhos são as mudanças do programa Minha Casa, Minha Vida 3, recentemente divulgadas e que já refletem em índices de vendas.As mudanças já são sentidas gradualmente, mas na ótica dos dirigentes da empresa, devem acelerar as vendas já no segundo trimestre. O impacto positivo vem do programa federal que neste ano alterou grande parte de suas regras, ampliou os limites de renda, ganhou novas taxas, mais subsídios e uma atualização dos valores dos imóveis enquadrados para financiamento. Criado em 2009, o Minha Casa, Minha Vida já entregou 2,4 milhões de moradias e contou com investimento de mais de R$ 240 bilhões.
Outro ponto apresentado pelo diretor da Vitta Residencial, João Paulo Penteado, é que no início deste ano, a Caixa Econômica Federal também deu início à concessão de financiamentos dentro das novas regras, que agora utilizam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Dentre as principais novidades estão a alteração do limite de renda do beneficiário, que pode chegar a R$ 6,5 mil. “Portanto, serão mais pessoas beneficiadas pelo programa”, acrescenta. Os valores atualizados dos imóveis disponíveis podem variar entre R$ 125 mil e R$ 225 mil, conforme a localidade do país.
João Paulo explica que também houve uma mudança importante no critério de classificação de cidades do interior – o que estendeu o teto do valor destes imóveis. “Ribeirão Preto passou a ser classificada como capital regional, o que ampliou o valor máximo dos imóveis do programa na cidade de R$ 145 mil para R$ 215 mil”.
Segundo o executivo, as mudanças tornam o programa mais abrangente e dinâmico, o que favorece não só os compradores como também as empresas parceiras. “Com a alteração das regras temos a possibilidade de oferecer um maior leque de produtos dentro do programa, assim o cliente tem mais opções para escolher de acordo com seu interesse e orçamento”, explica.
Expansão no mercado imobiliário
Com imóveis lançados nas cidades de Ribeirão Preto, Sertãozinho e Bauru, o Vitta Residencial é uma das principais parceiras do programa Minha Casa, Minha Vida no interior de São Paulo. Em seus mais recentes lançamentos, a empresa já está operando com as novas normas, o que contempla subsídios de até R$ 26 mil com possibilidade de uso do FGTS para abatimento do valor de entrada, maior redução na taxa de juros, além de permitir também utilizar o FGTS a cada dois anos para reduzir o valor financiado.
Para o coordenador de vendas do Vitta em Bauru, Douglas Gallo, não existem no mercado condições tão favoráveis quanto às oferecidas pelo programa. “Com os juros reduzidos e o benefício dos subsídios, as pessoas encontram um financiamento mais atrativo, que se encaixa no seu orçamento”, afirma.
Segundo informações do portal Brasil, a expectativa do governo federal é que o Minha Casa Minha Vida chegue ao fim do ano de 2018 com 6,7 milhões de moradias contratadas e mais de 25 milhões de pessoas contempladas em todo o Brasil.
Realizando sonhos de moradia
A Vitta Residencial Construtora e Incorporadora é uma empresa consolidada no setor imobiliário com seis anos de atividades em Ribeirão Preto e Sertãozinho, no interior do Estado de São Paulo, e mais recentemente em Bauru (SP). Um de seus propósitos principais é criar e construir empreendimentos que promovam melhorias na qualidade vida para as famílias, oferecendo infraestrutura, qualidade e condições facilitadas de pagamento.
Através de parceria com instituições financeiras para o crédito imobiliário, a Vitta Residencial já comercializou mais de 4 mil imóveis: são 1.985 unidades habitacionais entregues. Possui um land bank (terras já adquiridas pela empresa e disponível para futuros lançamentos) expressivo distribuído por várias áreas de Ribeirão Preto e também da região.
Fazem parte do portfolio da Construtora e Incorporadora Vitta Residencial os empreendimentos já entregues: Vitta Ipiranga, Vitta Vila Virgínia I e II, Vitta Jardim Palmares, Vitta Parques dos Lagos, Vitta Ribeirão Verde - todos em Ribeirão Preto. Em fase de construção encontram-se os empreendimentos Vitta Palmiro Bim, Vitta Sertãozinho, Vitta Heitor Rigon I, Vitta Ribeirão Verde III e Vitta Vila Virgínia III. Em Bauru, a empresa lançou recentemente no Vitta Mary Dota. Em Ribeirão Preto a empresa lançou recentemente o Vitta Praças do Ipiranga e prepara-se para lançar novos empreendimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário