loading...

LUIZA

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A EXEMPLO DE ITABUNA, ILHÉUS TAMBÉM SOFRE COLÁPSO E DEVE BEBER ÁGUA SALGADA

Uma discussão sobre a crise hídrica foi a pauta da sessão ordinária que aconteceu na última quarta-feira, 15, na Câmara Municipal de Ilhéus onde discutidas estratégias e ações com o intuito de encontrar alternativas viáveis para a captação e o uso consciente da água. Os parlamentares analisaram propostas para que novos hábitos de consumo sejam integrados nas rotinas da população.
Os vereadores, cientes da gravidade do problema, se pronunciaram em relação à situação. Segundo o presidente da Câmara, Tarcísio Paixão, “a responsabilidade é de todos, de nós vereadores, dos gestores do município, das autoridades e da população. Cada um deve fazer a sua parte pra que juntos possamos criar alternativas sustentáveis para o uso da água”.
Para o vereador Lukas Paiva, é necessário que o Governo do Estado invista em soluções relacionadas às barragens da Bacia Hidrográfica do Rio Iguape, que abastece a cidade. De acordo com o vereador Ivo
Evangelista, “o Legislativo não pode ficar indiferente a esse assunto que tem afetado a rotina da população. A água é um elemento essencial à sobrevivência humana, e qualquer risco ao abastecimento da população deve merecer toda atenção possível das autoridades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário