loading...

LUIZA

quarta-feira, 8 de junho de 2016

APÓS MANIFESTAÇÃO DE DOIS MILHÕES DE INTERNAUTAS, UNIÃO EUROPÉIA RECUSA PESTICIDA CANCERÓGENO DA MULTINACIONAL MONSANTO



A União Europeia acabou de recusar o prolongamento da autorização de venda do herbicida glifosato, carro-chefe da Monsanto. É uma vitória incrível: o glifosato é responsável por um terço de toda a renda da multinacional!
Pavel Poc, vice-presidente da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar da União Europeia e principal líder na luta contra o glifosato.
A luta ainda está longe de acabar. Mas estamos diante uma mudança total de jogo, com países como Alemanha, França e Itália desafiando os fundamentos do modelo de negócios da Monsanto.
A nossa postura não é meramente anti-pesticida. Nossa campanha exige a suspensão do uso do glifosato até que estudos científicos independentes determinem a segurança do produto. Vamos continuar lutando, mas se a União Europeia conceder 18 meses para que um novo processo científico seja considerado e se for possível garantir que esse processo sejaé verdadeiramente independente, a vitória já será nossa!
Também podemos usar os próximos 18 meses para examinar detalhadamente o impacto ambiental do “modelo Monsanto”, que está transformando a superfície do nosso planeta em estranhos "biodesertos" tóxicos, onde apenas uma única cultura geneticamente modificada consegue ser cultivada.
Assim como no caso das mudanças climáticas e do acordo de Paris, a Avaaz tem feito mobilizações sobre esta questão em uma escala sem precedentes. Levamos a luta contra a Monsanto a um nível totalmente novo e agora cabe a todos nós, ao longo dos próximos 18 meses, alcançar a vitória.
Primeiro, as grandes empresas produtoras de petróleo, agora a Monsanto. Estamos enfrentando os monstros do nosso mundo. Se continuarmos unidos, escolhendo acreditar e agir, podemos fazer tudo.
Um abraço com esperança e determinação, Ricken, Alice, Bert, Pascal e toda a equipe da Avaaz.
PS - Para ver mais detalhes sobre todo o histórico, táticas, reuniões da campanha da Avaaz contra o glifosato no último ano, veja esse sumário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário