loading...

LUIZA

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Prefeitura de Itabuna entrega em julho escola do Maria Pinheiro

Os investimentos da Prefeitura de Itabuna acabaram de vez com problemas antigos e falhas graves de engenharia no telhado da Escola Margarida Pereira, no bairro Maria Pinheiro. Agora com as intervenções executadas pelo município, por meio do Departamento de Manutenção e Conservação da Infraestrutura Escolar da Secretaria Municipal de Educação, foram eliminados riscos de desabamento do telhado e interrupção das aulas no período chuvoso. A reforma será concluída no próximo mês, sem prejuízo para os estudantes que estão tendo aula nos espaços já prontos.
O coordenador Departamento de Manutenção e Conservação da Infraestrutura Escolar da Secretaria Municipal de Educação, Aldemir Silva Barros Júnior, explica que o problema no telhado do Margarida Pereira (ex-Escola Municipal Dom Ceslau Stanula) ocorria porque não foi construída uma estrutura capaz de escoar toda a água, que invadia o pavimento um e atingia o restante do prédio, incluindo o alagamento de salas de aula. Atualmente na unidade estão matriculados 510 estudantes do 1º ao 9º ano e do Programa Nacional de Educação de Jovens e Adultos (Proeja)
O problema de vazão das águas pluviais, que persistia desde 2006, quando o município construiu o prédio escolar, foi resolvido com colocação de bicas com maior capacidade de vazão e troca das telhas de zinco, que estavam bastante destruídas pela ação do tempo. “Essa intervenção no telhado do prédio eram uma obra mais urgente, porque colocava em risco a vida dos estudantes, professores e servidores de apoio. Estamos na última etapa da reforma, que inclui pequenos retoques e pintura no terceiro bloco e da parte externa”, afirma Aldemir Júnior.
O coordenador Departamento de Manutenção e Conservação da Infraestrutura Escolar afirma ainda que, além das intervenções no telhado, foram concluídos retoques no reboco dos três pavimentos e feitos reparos nas redes elétrica e hidráulica. “Há anos essa reforma era esperada pela comunidade do Maria Pinheiro, que é muito participativa, o que é muito positivo até para o poder público que necessita dessa interação. Estamos muito felizes com essas intervenções”, diz a diretora da unidade escolar professora Karina Santana Muniz.
A professora Karina destaca que, a partir da requalificação do imóvel, os alunos e funcionários terão um espaço mais salubre e confortável, como determina o Ministério da Educação. “Essas ações motivam os nossos estudantes, que estão mais empolgados com as salas e banheiros integralmente limpos”, conta a diretora. Ela acrescenta que a expectativa é muito grande também para a conclusão da cobertura da quadra poliesportiva, uma obra executada com recursos repassados pelo Ministério da Educação.
A Escola Margarida Pereira conta com 13 salas de aula, salas de leitura, informática, além de coordenação pedagógica, diretoria, cozinha, refeitório, área de recreação, quadra poliesportiva e oito banheiros. A unidade é uma das 38 escolas da rede municipal de ensino beneficiadas pelo Programa de Requalificação e Melhoria da Infraestrutura Educação, com investimento de mais de R$ 4 milhões em recursos próprios e resultantes de convênio com o Governo federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário