loading...

LUIZA

domingo, 5 de junho de 2016

Projeto exige seleção prévia, por meio de licitação, para exercer a atividade de taxista

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Alberto Fraga: profissão é exercida por meio de alvará municipal, que não é precedido de nenhum procedimento licitatório
Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei2631/15, do deputado Alberto Fraga (DEM-DF), que exige prévia seleção, mediante processo de licitaçãopública, para o exercício da atividade taxista.
A proposta modifica a Lei 12.468/11, que regulamentou a profissão de taxista.
O autor da proposta destaca que “em diversos entes da Federação, a profissão é exercida por meio de alvará municipal, que não é precedido de nenhum procedimento licitatório, contrariando o previsto na Constituição Federal”.Segundo ele, “essa falta de regulamentação tem causado conflitos e processo judiciais”. Ele cita como exemplo o processo "movido pelo Ministério Público Estadual de São Paulo em 2011, contra a prefeitura da capital, em que apontava que o sistema municipal de licenças de táxis viola a Constituição Federal, a qual exige que todos os serviços públicos sejam licitados”.
Tramitação
O projeto terá análise conclusiva das comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação (inclusive quanto ao mérito); e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
ÍNTEGRA DA PROPOSTA:
PL-2631/2015
Da Redação - NA
Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário