loading...

LUIZA

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Seagri anuncia ações para a região sudoeste durante abertura da EXPOGUANAMBI



“A Secretaria da Agricultura do Estado está trazendo ações para serem apresentadas aos produtores em Guanambi, que vão melhorar a vida do homem do campo e darão sustentabilidade à produção agropecuária da região”, declarou o secretário da Agricultura, Vitor Bonfim, durante a abertura da 28° edição da Exposição Agropecuária de Guanambi – EXPOGUANAMBI, na noite desta quarta-feira (2), no Parque de Exposição Gercino Coelho. Bonfim anunciou a portaria que será lançada pela vinculada Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), que suspende o vazio sanitário do algodão em municípios da região sudoeste do Estado, pelo período de dois anos.
“Vamos apresentar na sexta-feira, a partir das 17h, a portaria que dará novo fôlego à produção agrícola da região, esclarecendo aos produtores como vai acontecer o processo de suspensão do vazio sanitário do algodão, expondo as exigências e procedimentos necessários. A intensão da Seagri é devolver ao produtor a oportunidade de produzir algodão com segurança, sem descuidar da defesa vegetal, utilizando manejo adequado para que as plantações não sejam acometidas por doenças, a exemplo do bicudo, besouro considerado principal praga do algodoeiro”, explicou Bonfim.
A Secretaria da Agricultura (Seagri), em trabalho conjunto com as vinculadas Bahia Pesca e a ADAB oferecem no estande institucional montado na exposição, serviços para os piscicultores e produtores da região. A ADAB está disponível para que os criadores façam a Declaração da Vacinação Contra Febre Aftosa, processo iniciado ontem (1° de junho) em toda a Bahia e segue até o dia 15 de junho. Além disso, o criador também pode efetuar a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), documento oficial para transporte de animal, que contém as informações sobre o destino e condições sanitárias, bem como a finalidade do transporte animal.
Já a Bahia Pesca, que faz a exibição de um tanque de recirculação de água para criação de peixes e demonstração dos projetos da instituição no estande, vai realizar curso de piscicultura básica. Também foram distribuídos 50 mil alevinos para os produtores da região, entregues simbolicamente pelo secretário da Agricultura ao representante da Colônia de Pescadores Z-33, José Honório, e ao presidente da Associação de Piscicultores e Pescadores do Velho Chico, Euvaldo Fernandes. Pescadores e piscicultores também serão beneficiados com ações que visam fomentar a pesca e a piscicultura na região sudoeste. As atividades – que envolvem o cadastramento dos profissionais em programas sociais e de crédito, e a distribuição de alevinos (filhotes de peixes) – começaram a ser realizadas ontem e segue até esta quinta-feira (2), nos municípios de Malhada e Carinhanha.
Realizada pela COOPAG, com apoio do governo do Estado e demais instituições parceiras, a exposição segue até o próximo domingo (5). “A EXPOGUANAMBI é uma resposta do homem do campo aos tempos de incertezas, em meio à turbulência da economia e falta de chuvas. Os produtores se esforçam para realizar a exposição e um dos caminhos para a superação desse cenário é o cooperativismo, a força da união do homem do campo, demonstrada aqui no parque”, salientou o presidente da COOPAG, Sidinei Primo Júnior.
O secretário Vitor Bonfim ressalta que “a Seagri é parceira da Cooperativa Agropecuária de Guanambi (COOPAG) na realização da Expogunambi, porque entende a importância de oferecer oportunidade para que os produtores melhorarem a genética do seu rebanho e de impulsionar o crescimento da produção agrícola, notadamente com ações que visam a retomada da cotonicultura na região sudoeste do Estado, mesmo diante dos problemas causados pela escassez de chuvas. O crescimento de Guanambi, se tornando referência na região e na Bahia, demonstra a capacidade que os produtores possuem de superar as dificuldades”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário