loading...

LUIZA

domingo, 14 de agosto de 2016

Pressione os deputados contra a entrega do pré-sal

Petroleiros lançaram o portal “Pré-sal em jogo” (www.presalemjogo.com.br), uma ferramenta de informação e pressão, que tem o objetivo de impedir que seja aprovado o projeto que altera a legislação do pré-sal. Ao acessar a página, qualquer pessoa pode se manifestar em defesa da soberania brasileira. Com apenas dois cliques, é possível enviar, de uma só vez, e-mails para todos os deputados, cobrando que votem contrários à que entrega o petróleo brasileiro às multinacionais.O Projeto de Lei 4567/16, de autoria do então senador José Serra (PSDB/SP), atualmente ministro das Relações Exteriores do governo interino do golpista Michel Temer, acaba com a obrigatoriedade legal da Petrobrás ser a operadora exclusiva do pré-sal, transferindo para as multinacionais o controle destas reservas. Além disso, o projeto põe fim à garantia de participação mínima de 30% que a estatal brasileira tem nas áreas do pré-sal.
"A Petrobras tem tecnologia e pessoas capazes para explorar esses novos campos, que vão tornar o Brasil, o 3º maior produtor de petróleo do mundo", diz a página Pré-Sal em Jogo, que reúne infomações e notícias sobre o pré-sal, bem como o nome dos parlamentares entreguistas e layout para camisas e adesivos em defesa do pré-sal.
"Hoje, todo centavo pago de royalty do pré-sal, tem, obrigatoriamente, que ser investido em projetos de melhoria na saúde e educação pública. Se o projeto de lei for aprovado, o pré-sal deixa de ser uma política de estado para ser assunto das multinacionais, que o explorarão da maneira que for mais lucrativa para seus sócios", alerta o portal.
A proposta já foi aprovada no Senado e pode ser colocada em votação a qualquer momento no plenário da Câmara dos Deputados Federais.
Participe da campanha em defesa do Pré-Sal e ajude a divulgar o site, cujo conteúdo também pode ser acessado nas redes sociais: www.facebook.com/PreSalEmJogo
Do Portal Vermelho, com FUP

Nenhum comentário:

Postar um comentário