loading...

LUIZA

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

No Recife, os três vereadores mais votados são evangélicos



Entre os 39 vereadores eleitos para a próxima legislatura na Câmara Municipal do Recife, os três mais votados integrarão a bancada evangélica da casa. A missionária Michele Collins (PP), foi a mais votada com 15.357 votos. Em segundo lugar, está Irmã Aimée (PSB), com 14.338 votos, seguida por Fred Ferreira (PSC), com 14.277 votos.
A presença de duas mulheres entre os campeões de votos, contudo, não significa, necessariamente, que bandeiras em defesa da emancipação feminina agora ganhem mais força. Elas integrarão uma reduzida bancada de apenas seis vereadoras, o que representa 15% das cadeiras, apesar de a população feminina da cidade ser de 55%.E mais: a primeira colocada no pleito virou notícia nacional, em 2013, quando usou a tribuna na Câmara para criticar os homossexuais e pregar a submissão da mulher ao homem.
Na ocasião, Michele defendeu “valores da família tradicional” e se disse contrária ao “novo modelo de união” entre pessoas do mesmo sexo. Ao discordar dela, um outro vereador afirmou que não há como deter o progresso social e deu como exemplo o fato de que, antigamente, uma mulher não podia subir na tribuna e discursar, mas, a partir da luta pela igualdade entre gêneros, hoje isso é possível.
Michele, então, soltou: “Não significa, porque uma mulher está na tribuna, que ela não continua sendo submissa ao homem. Está errado a mulher, porque conquistou seus direitos, seu espaço, ela deixar de ser submissa ao homem. O homem está ainda acima da mulher. Eu ainda concordo com isso”, disse, para desgosto de feministas e defensores da emancipação da mulher.
De acordo com a biografia da vereadora no site da Câmara de Vereadores, ela considera o mandato como "uma missão de Deus para servir ao povo, às necessidades da população". Em 2012, ela, que é casada com o deputado estadual Cleiton Collins - candidato derrotado à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes -, garantiu o seu primeiro mandato na Casa de José Mariano com 10.598 votos.
Assim como Michele, Aimée é da Igreja Assembleia de Deus e foi reeleita neste domingo.
Estreante na Câmara, Fred Ferreira carrega no "DNA" os votos dos cunhados André Ferreira, deputado estadual do PSC, e Anderson Ferreira, deputado federal pelo Partido da República (PR). Elegeu-se usando o slogan em defesa da família recifense.
Catorze das 39 cadeiras (36%) da Câmara de Vereadores do Recife em 2017 serão ocupadas por legisladores de primeira viagem. A taxa de renovação foi igual à da última eleição, em 2012. Entre os que não conseguiram renovar o mandato, estão nomes conhecidos do eleitorado recifense, como o atual presidente da Casa, Vicente André Gomes (PSB), Jurandir Liberal (PT), Dra. Vera Lopes (PPS) e Henrique Leite (PDT).
O DEM não elegeu nenhum parlamentar. Outra surpresa foi o fato de o o ex-prefeito do Recife, João da Costa (PT), candidato proporcional nesta disputa, não ter conseguido ocupar uma cadeira.
Numa cidade em que prefeito e governador são do PSB, o partido, que já tinha a maior bancada na Câmara, ganhou mais duas cadeiras, chegando a oito representantes. O PT perdeu três vagas na Câmara Municipal, caindo de cinco para dois vereadores. As bancadas do PTC, PTB e PDT também foram reduzidas.
Já o PSOL elegeu ontem o primeiro vereador da história do partido no Recife, Ivan Moraes. Siglas de pouca tradição, como PEN, PROS, PSD, PSDC, SD e PSC, que também não tinham vereadores na atual gestão, terão vagas a partir de 1° de janeiro do ano que vem. PSDB, PSL, PRP, PPS e PCdoB manterão o número de vereadores que têm atualmente.
Do Portal Vermelho, com agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário