loading...

LUIZA

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

ITABUNA Identificados dois casos de HIV no lançamento da Dezembro Vermelho

Dois novos casos de HIV foram identificados pelos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde no ato de lançamento da Campanha Dezembro Vermelho em estandes montados na Praça Olintho Leone, centro de Itabuna. Na quinta-feira, dia 1º, um total de 398 pessoas se submeteu a testes rápidos para o diagnóstico precoce da AIDS, além de receberam orientação e encaminhamento para o tratamento completo se acaso o resultado fosse positivo.
Os testes rápidos e demais atividades foram feitos durante todo o dia no programa “Doze Horas de Testagem”, entre as 9 e 21 horas. Foram parceiros o Grupo de Apoio e Prevenção a Pessoas com AIDS (GAPA-Itabuna), grupos Humanus e Chá com Bolacha e a Rede Nacional de Pessoas com HIV/AIDS. Os dois pacientes foram imediatamente encaminhados para consulta médica pelo Centro de Referência em Prevenção,
Assistência e Tratamento (CERPAT), onde receberam atendimento e terão acompanhamento médico e de enfermagem, além da cessão de medicamentos gratuitos.

A coordenadora do CERPAT, Suse Mayre Martins Moreira Azevedo, explicou que o Dezembro Vermelho foi instituído desde o ano passado pelo o Ministério da Saúde visando orientar os municípios que recebem incentivos do Programa de DST/AIDS e Hepatites Virais a se empenharem para dar visibilidade às campanhas de prevenção, ampliando as ações e diagnóstico durante este mês. Segundo ela, os pacientes com diagnóstico confirmado pertencem à faixa etária de risco, entre 19 e 40 anos de idade.

“A cor vermelha foi escolhida para ilustrar a campanha, porque é bem sugestiva e serve como pano de fundo para alertar e sensibilizar a população sobre a importância do esclarecimento e da prevenção precoce da AIDS, principalmente entre os jovens de 19 a 29 anos”, destacou o secretario municipal de Saúde, Paulo Bicalho, lembrando que a parceria com grupos comunitários que apoiam a ações preventivas é fundamental para o sucesso da campanha.

Além do teste rápido para HIV, houve a distribuição de material como folhetos, preservativos e brindes como bandanas, na Praça Olintho Leone, e em cinco pontos distintos da cidade onde os profissionais e voluntários também promoveram um PIT STOP, das 9 da manhã ao meio-dia para divulgar a campanha e despertar o interesse da comunidade sobre a importância da prevenção. Suse Mayre informou ainda que a programação inclui também as Unidades Básicas de Saúde que estão engajadas na luta contra a doença ao promoverem durante o mês atividades relacionadas à Campanha Dezembro Vermelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário