loading...

LUIZA

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Líder do PT na ALBA, Rosemberg critica governo Temer que vai levar 3,6 milhões à extrema pobreza



​​​​​​​​​​"Os governos do PT retiraram 40 milhões de pessoas da extrema pobreza e os índices do Governo Federal, de hoje, diz que este Governo -Temer/PMDB- levará de volta a extrema pobreza, até o final deste ano, 3,6 milhões de brasileiros", declarou o líder do PT na ALBA, deputado Rosemberg Pinto durante a sessão plenária, nesta terça-feira (14/02). O parlamentar elencou alguns atos do 'desgoverno' Temer, em respostas às críticas ao PT, como o fim do Fundo Social do Pré-Sal, o qual reservava parte dos royalties para educação e saúde; o processo de venda da Petrobras e o retorno de um governo que "age em prol das elites".Em continuidade as crítica ao governo Temer, Rosemberg afirmou que trata-se de "um governo corrupto, um governo sem direção, todos os seus gestores do primeiro escalão que estão no gabinete golpista da republica ou estão denunciados ou respondendo à operação Lava-Jato e alguns deles afastados pelo presidente", apontou.

Para o parlamentar, que fez parte da fundação do Partido dos Trabalhadores e completa 37 anos neste mês, o "PT se orgulha imensamente de ser um partido que melhorou a vida da maioria dos brasileiros; excluídos agora pelos partidos que estão na direção política deste governo, o qual não teve a capacidade de se eleger e subiu ao poder através de um golpe", disse.

Pré-Sal

"O governo do Partido dos Trabalhadores fez com que a área de exploração de petróleo no Brasil tivesse pelo estado brasileiro a garantia de que tudo aquilo que fosse explorado na área do Pré-Sal pertencesse ao Estado brasileiro e as empresas exploradora de petróleo, inclusive a Petrobras, só tinham direito a receber um percentual dos serviços para fazer esta exploração. Dessa forma se constituía um Fundo Soberano para custear saúde, educação, cultura. E o governo atual do PMDB entrega as reservas brasileiras ao capital internacional como se isso fosse a solução do problema da área de exploração no Brasil! Lamentável", comentou.

"Tenho orgulho de ser deputado e militante da legenda que faz história e continuará fazendo", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário