loading...

LUIZA

terça-feira, 28 de março de 2017

Itacaré volta a sediar etapa do mundial WSL de Surf

Itacaré vai sediar a etapa do Mundial WSL de Surf 2017, um evento que atrai para a cidade surfistas de vários países, colocando mais uma vez o município como uma referência internacional do esporte. O evento vai acontecer no período de 24 a 29 de outubro, na Praia da Tiririca. Paralelo ao Mundial de Surf acontecerá também o Festival de Música, com grandes nomes da música brasileira. 
O retorno do mundial de surf para Itacaré foi uma ação do prefeito Antônio de Anízio e do diretor de planejamento Kleber Miranda, que desde o mês de fevereiro vem se reunindo com representantes da WSL South América, empresa responsável pelo evento, manifestando o desejo da cidade voltar a sediar o mundial. 
De acordo com o prefeito, Itacaré é hoje conhecida a nível internacional pelo surf e não poderia continuar de fora do mundial, não somente pelo incentivo ao esporte, mas pelo retorno que eventos como esse traz para o turismo local, movimentando a economia da cidade. Nesta terça-feira o presidente da WSL South América, Xande Fontes, se reuniu com o secretário de Turismo, Júlio Oliveira, e com o diretor de Planejamento, Kleber Miranda, para uma visita técnica na Praia da Tiririca e na Vila Marambaia, onde acontecerá o festival, visando acertar os detalhes para o evento. Participou também do encontro o diretor da empresa M21, Marco Lessa. 
O próximo passo agora será reunir os demais parceiros locais para trazer de volta a etapa do mundial de surf para um dos melhores picos de onda do país. Itacaré sediou o evento mundial nos anos de 2013, 2014 e 2015, sendo considerado sucesso total e a única etapa do circuito da World Surf League na Região Nordeste do Brasil. 
O evento reuniu os melhores surfistas do Brasil e de vários países. Na época o evento reunia surfe, ecologia e mega-shows de música, com atrações como O Rappa, Seu Jorge, Nando Reis, Teatro Mágico, Legião Urbana, Natiruts e vários outros nomes consagrados da música brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário