loading...

LUIZA

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Florisvaldo Mattos abre II Festival Literário de Ilhéus

Começa hoje, 26, o Flios 2017 – II Festival Literário de Ilhéus, cujo tema central será Caligrafia Sul-baiana. O evento será oficialmente aberto às 18h, no Teatro Municipal de Ilhéus. Na abertura, haverá uma curta palestra do autor homenageado, Florisvaldo Mattos, que também participará da Mesa Literária que acontece a seguir, debatendo o tema Caligrafia Poética Sul-baiana.
Segundo a organização, até mesmo a escolha do tema do festival teve inspiração no título de uma das obras do escritor, chamada A Caligrafia do Soluço & Poesia Anterior. No entanto, as atividades do festival começam mais cedo, com oficinais culturais no Teatro e na Academia de Letras de Ilhéus, além de lançamento de livros e a primeira mesa, que acontece à tarde do mesmo dia 26.
O festival acontece até 28 de abril e está repleto de atrações culturais para todas as idades. A programação inclui shows musicais, debates, lançamentos de livros, oficinas culturais, entrega de prêmio literário e, o que é melhor, a entrada é franca. Saiba mais em www.flios.com.br.O Flios 2017 (II Festival Literário de Ilhéus) é uma realização da Academia de Letras de Ilhéus com apoio cultural da TV Santa Cruz, O Criadouro Produção Cultural, Livraria Papirus, UESC e Prefeitura Municipal de Ilhéus, e tem apoio financeiro do Governo do Estado através da Fundação Cultural, Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Florisvaldo Mattos
Nascido em Uruçuca, antiga Água Preta do Mocambo, o escritor e jornalista Florisvaldo Mattos ocupa lugar de destaque na cena cultural brasileira. Embora seja graduado em Direito, o autor sempre optou pelo exercício do Jornalismo e, levado pelo amigo Glauber Rocha, passou a fazer parte da equipe fundadora do Jornal da Bahia e da Geração Mapa, grupo de militantes culturais que atuou nos anos 1960 sob liderança de Glauber.
O homenageado também chefiou a filial do Jornal do Brasil na Bahia por 14 anos e, em 1990, entrou para equipe do jornal A Tarde, onde liderou o caderno Cultural até 2011.
O escritor e poeta Florisvaldo Mattos tem mais de dez livros publicados entre ensaios e livros de poesia e ocupa a Cadeira 31 da Academia de Letras da Bahia desde 1995, quando sucedeu o poeta modernista Carvalho Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário