loading...

LUIZA

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Exposição fotográfica retrata a mulher negra em Ilhéus

No próximo dia 10, segunda-feira, a partir das 16h, chega a Ilhéus a exposição fotográfica Elekô: um processo de descolonização da mulher negra, de Andreza Mona, fotógrafa e comunicóloga.
Segundo Andreza, “o ensaio levanta uma reflexão sobre a identidade da mulher negra através de um recorte ensaístico que registra, em uma narrativa visual, aspectos sobre as formas de expressão identitária e orgulho dos sinais que distinguem essas mulheres das outras”, explica a fotógrafa. O evento acontece até o dia 15 de julho, no estúdio IOS INK Tattoo – que fica na Rua Visconde de Mauá, 208, Centro de Ilhéus –, e conta também com exposição de artes integradas entre Mona e outros artistas da região, além do Bazar das Comadres, que oferece produtos artesanais confeccionados por mulheres empreendedoras e criativas.
Também terão alguns dos seus trabalhos expostos, os seguintes artistas: Dyala Lisieux, Rava Midlej, Vinícius Teófilo, Larissa Soledad, Flávio Rebouças, Iggy Batista, Suama Akoni, entre outros. A entrada é franca.
Esta ação faz parte do Julho das Pretas, agenda comum de intervenção do movimento de mulheres negras da Bahia em comemoração ao 25 de julho, Dia Internacional da Mulher Afro-Latino Americana e Afro-Caribenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário