terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Polícia Civil elucida homicídio com a prisão de autores do crime em Santarém



A Polícia Civil elucidou, nesta sexta-feira, 19, o assassinato do jovem Anderson Pedroso Rodrigues, 22 anos, crime ocorrido em 6 de novembro do ano passado, em Santarém, oeste paraense. Um dos envolvidos no crime já havia sido preso na quarta-feira. Hoje, os outros quatro acusados foram presos. Todos estão com mandados de prisão preventiva decretados pela Justiça. Crime foi motivado porque a vítima teria acusado um dos presos de ter envolvimento em um crime ocorrido tempos atrás. Presididas pelo delegado Germano do Vale, as investigações mostraram que o homicídio foi premeditado pelos acusados após uma bebedeira na comunidade de Boim, em Santarém.
Na quarta-feira passada, foi preso Ambrosio Filho Guimarães Fernandes. Nesta sexta-feira, foram presos inicialmente Pedro da Silva Colares, Gracildo da Silva Colares e Rosiney Fernandes Braz, acusados de participação direta no assassinato. Os presos foram localizados durante a tarde. No final da tarde, o quinto acusado do homicídio se entregou na Seccional de Santarém. Carlos Alexandre de Lima Costa, de apelido Carlinhos. Os presos admitiram o crime. Segundo eles, a vítima foi morta a golpes de terçado e foice.
No dia do crime, o grupo havia bebido e depois se reuniram para matar a vítima. Com as prisões, o caso está encerrado e o processo vai tramitar na Justiça. Anderson Matheus foi achado morto com perfurações pelo corpo na comunidade Boim, em Santarém, onde também residem os familiares da vítima. O corpo estava às margens da Travessa Urbelino Serique. Segundo familiares, a vítima teria saído com amigos para um torneio de futebol na comunidade. A motivação do crime ainda está sendo apurada. Os presos irão responder por crime de homicídio triplamento qualificado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário